A MISSA PASSO A PASSO – SANTO, CONSAGRAÇÃO DO PÃO E VINHO, FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM E EIS O MISTÉRIO DA FÉ.

sananda15

1 Santo

Prefácio é um hino “abertura” que nos introduz no Mistério Eucarístico. Por isso o celebrante convida a Assembléia para elevar os corações a Deus, dizendo “Corações ao alto!” É um hino que proclama a santidade de Deus e dá graças ao Senhor.

 O final do Prefácio termina com a aclamação Santo, Santo, Santo… é tirado do livro do profeta Isaías 6,3 “E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória”  a repetição é um reforço de expressão para significar o máximo de santidade, embora sendo pecadores, de lábios impuros, estamos nos preparando para receber o Corpo do Senhor.

Canto Santo – Este é um dos cantos mais importantes da missa, pois exalta a santidade do nosso Deus e relembra “aquele domingo” quando Jesus era recebido com louvores, palmas, cantos e ramos em Jerusalém e gritos de “HOSANA AO FILHO DE DAVI!”. Devemos cantar da mesma maneira com muitas palmas e bastante alegria, acompanhadas de todos os instrumentos. Alegria, músicos de Deus!

2 A Consagração do pão e do vinho, é o momento mais importante da celebração. (Neste momento da Consagração olhe para o Altar e não abaixe a cabeça como muito vemos nas Celebrações Jesus esta sendo consagrado para você).

calice_hostia

 Consagração do Pão e Vinho

Pelas mãos e oração do Sacerdote o pão e o vinho se transformam em Corpo e Sangue de Jesus. O celebrante estende as mãos sobre o pão e vinho e pede ao Pai que os santifique enviando sobre eles o Espírito Santo.

Por ordem de Cristo e recordando o que o próprio Jesus fez na Ceia e pronuncia as palavras “TOMAI TODOS E…”  O celebrante faz uma genuflexão para adorar Jesus presente sobre o altar.

Em seguida recorda que Jesus tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos dizendo: “TOMAI TODOS E…

“FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM!” aqui cumpre-se a vontade expressa de Jesus, que mandou celebrar a Ceia.

Devemos oferecer a Jesus, nossa vida, dores, misérias e sofrimentos para ser crucificado junto com Ele, na esperança da Salvação e da vida-eterna.    Tudo isso não podemos ver com os olhos do corpo, mas temos que ver com os olhos do coração e da alma.

Consagração – Alguns celebrantes gostam que se cante um canto de adoração e meditação após a consagração do Corpo e Sangue de Cristo. Deve ser um canto suave, quase sussurrante, com acompanhamento apenas de poucos instrumentos, como violão ou teclado. Atenção!   Este deve ser bem curto e previamente combinado com o sacerdote.

3 “Tudo isso é Mistério da fé “

“EIS O MISTÉRIODA FÉ” – Estamos diante do Mistério de Deus. E o Mistério só é aceito por quem crê.

postado por Elke Lichtnow

Deixe um comentário

Arquivado em 1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s